Arquivo para março 2010

Le French Bazaar

04/03/2010

Bem, ultimamente tenho saído muito. Só na semana passada foram vários restaurantes: Tordesilhas, Brasil a Gosto, 210 Diner, Maní, Carlota e The French Bazaar.   Vou começar por este último.

Fomos almoçar lá no domingo em família. O lugar tem a cara típica de um bistrô francês, e eu adorei, diga-se de passagem.   Como sou semi-belga (morei na Bélgica por dez anos), adoro mexilhões e foi o que pedi como prato principal, apesar de ser uma entrada: moules et frites.   Minha mãe pediu outra entrada, uma salada de gravlax – salmão marinado – e folhas verdes, minha irmã uma truta com um puré de batatas amassado no garfo e meu irmão um duo de vieiras e camarões.  Não pedimos entradas, mas devoramos o couvert: pães maravilhosos que os garçons – amabilíssimos, por sinal – nos disseram que vinham da Deli Paris (uma padaria da Vila Madalena), mais um chutney de tomates, manteiga e um queijinho com ervas.   Os pratos demoraram um pouco a chegar, mas eles fizeram um refill de couvert e nós continuamos comendo. Finalmente chegaram os pratos e todos gostamos.  Meus mexilhões estavam muito bons, com batatas fritas sequinhas. Experimentei também as batatas amassadas no garfo de minha irmã e também estavam ótimas.   Como ninguém mais bebeu, pedi um rosé espanhol, à base de uva tempranillo, a um preço razoável.
Ninguém pediu sobremesa e a conta saiu – com o serviço – a R$ 52,00 por pessoa.  Veredito familiar:  voltaremos.O restaurante é agradável, o serviço é amável e a comida boa. Em resumo, good value for your money.  Além de fazê-lo sentir-se em Paris…

O restaurante fica na esquina da Fradique Coutinho com a Artur de Azevedo, e não tínhamos feito reserva. Chegamos cedo e pouco depois  encheu.